segunda-feira, 17 de julho de 2017

sobre se convencer bem tarde das coisas

eu nem sei exatamente o  que dizer. queria desabafar aqui, mas as palavras sumiram.

como eu sou estúpida por acreditar e sempre justificar. como eu posso ainda me importar tanto com o que você pensa, quando claramente, não importa! nada que eu faça vai te fazer me enxergar de outra forma. depois de tanto tempo, e ainda levantar essa poeira que finalmente já tinha baixado. depois de tanto tempo, depois do pedido de desculpa, falar que a culpa é apenas minha!

tudo bem. mas é tão pequena a forma que você me vê. e isso dói.

na verdade, doía mais. depois de dois anos, depois de tantas lágrimas, depois de tanta oração, finalmente a paz aqui dentro existe, e não vem de mim.
















"eu o instruirei e o ensinarei no caminho que você deve seguir; eu o aconselharei e cuidarei de você" sl 32.8

sábado, 19 de novembro de 2016

sobre coisas novas

conheci um monte de gente que demonstra valer a pena permanecer.
permanecer no Evangelho; permanecer lutando; permanecer resistindo.

uma dessas pessoas eu já conhecia, mas só agora estou tenho aproximação. ela me inspira. me alerta sobre cuidar de mim, do meu espírito, do meu coração e do meu corpo. Deus é bom por trazer pessoas assim pra perto de mim.

esses dias foram bons. mesmo eu tendo me machucado muito fisicamente (pólo aquático é amor, mas violento demais, sem or!) e emocionalmente (nem foi tanto assim, mas entendi que tenho que ficar mais atenta), tudo valeu a pena.



















Deus é bom <3 font="">

terça-feira, 20 de setembro de 2016

sobre incômodo

não dói mais tanto assim, pelo menos não agora, mas me incomoda muito não falar mais contigo. não ficar mais contigo. mas incomoda ainda mais ficar com você, sabendo que apenas eu não basto.
























vai passar.

terça-feira, 6 de setembro de 2016

sobre desespero

é desesperador lembrar que o senhor não vai conhecer meus filhos. isso destrói minha alma.

é desesperador perceber o quanto me enganei, o quanto fiz ser especial e hoje ver que não sou nada pra pessoa.

é desesperador e parece ser inconsolável, algumas vezes.




















como eu queria o senhor aqui.

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

sobre ainda sentir sua falta

talvez isso nunca passe.
as coisas pioram quando cai a ficha que o senhor não está mais aqui. e dói. como dói!

se eu pudesse escolher, eu teria ido no seu lugar, sem nem pensar duas vezes.
sonho com o dia que seremos quatro de novo.

hoje é seu aniversário e eu nem pude te abraçar, cortar seu bolo como fiz ano passado...
ainda parece mentira.






















você é a vida da minha vida.

domingo, 24 de julho de 2016

sexta-feira, 15 de julho de 2016

quando

olho hoje pra minha vida e vejo tudo escuro. quando o senhor se foi, levou também uma grande parte de mim. hoje, cada sorriso que dou eu lembro do senhor e lembro da falta que a sua presença faz.

quando vejo nessa escuridão toda uma bagunça. uma bagunça desnecessária e que eu permiti que acontecesse de novo. porque já tinha acontecido e eu sabia que quebraria a cara novamente. e quebrei. ainda tô quebrando.
faz tempo que não sinto paz.

quando não tenho a certeza do amanhã e isso dificulta criar novos planos. tô por um fio de começar a realizar um grande sonho e, caso eu conseguisse, como eu queria dar essa notícia ao senhor e ver seu sorriso!

quando olho pra minha vida e não vejo sentido em quase nada, só consigo sentir sua falta.












você sempre será a vida da minha vida.